Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Negócio de Fotodepilação > Xperto Depil

Seções



 
Você está aqui: Página Inicial Blog Calçando os sapatos do cliente

Calçando os sapatos do cliente

Quando montamos nosso negócio, organizamos os serviços, a loja, etc. pensamos em oferecer o melhor para nosso cliente, mas será que de fato sabemos o que o cliente realmente precisa ou prefere? Que tal se colocar no lugar do cliente e entender onde o sapato aperta?
Se coloque no lugar do cliente e entenda onde o sapato aperta

O melhorjeito de conhecer o que o cliente necessita ou o que gosta é realmente “calçandoseus sapatos”, ou seja, passar pelas mais variadas situações que seu clientepassaria e sentir o que ele sentiria. Quando você for cliente em algum local,preste atenção o que gostou e não gostou nesse atendimento, leve essaexperiência para seu próprio local, sua equipe e até reveja como está prestandoo serviço. As referências podem vir dos mais variados campos, seja oatendimento em uma feira ou em uma concessionária.

O que maisgostou no local, no serviço ou no atendimento que recebeu? Pense porquevoltaria nessa loja, porque não voltaria ou o que poderia ter de diferente paraque te animasse a voltar.

Uma ótimaopção, usada também para muitas empresas, é utilizar o “cliente misterioso”.Uma pessoa externa à empresa é contratada para fazer uma visita surpresa para avaliaro atendimento, o local e tudo mais que queira. O ideal é indicar o que observare, além disso, seria bom escolher uma pessoa que seja criteriosa, ou até “cri-cri”,e que não conheça ninguém da loja, nem mesmo o proprietário. Certamente seráuma avaliação impessoal e valiosa sobre o desempenho da sua equipe e empresa. Oideal é que o “cliente misterioso” visite pelo menos uma segunda vez paraacompanhar as melhorias.

Já pensouse sentir cliente no seu próprio local? Você experimenta seus serviços? Sabe oque seu cliente sente quando tem uma queimadura de fotodepilação? A grandeparte dos proprietários de pequenas empresas experimentam seus serviços, masnão experimentam seus “desserviços”. Por isso sugerimos que tomem consciênciaao máximo possível, e de modo responsável, do serviço que presta ao cliente esuas possíveis consequências.

Conhecer umdesserviço, ou mau serviço, ajuda a entender o que o cliente pode sentir nessasituação, como é o suporte que sua equipe dá, quais podem ser as consequências,medidas necessárias, qual pode ser o tamanho do “prejuízo”.

Oconhecimento sobre seu negócio e seu cliente será seu maior aliado para o sucesso!